• Brunno Falcão

A Modulação da Sarcopenia pelo Exercício Físico


Sarcopenia A sarcopenia é uma síndrome geriátrica caracterizada pela perda progressiva de massa magra e força. A mesma implica em consequências negativas para a saúde e acomete principalmente a população idosa. Pode ser causada por diversos fatores, como por exemplo: alterações hormonais, disfunção mitocondrial, declínio da função cognitiva, alimentação inadequada, ausência de atividade física, entre outros. Neste texto, entenda mais sobre a modulação da sarcopenia pelo exercício físico. Exercício físico Para o processo de perda de massa magra relacionada ao avanço da idade cronológica do indivíduo, um dos métodos mais eficazes e elucidados na literatura para a atenuação e prevenção dessa alteração é a prática regular de exercícios físicos. O exercício, é um potente modulador do processo de hipertrofia muscular e ganho de força. O mesmo pode ser feito na forma de treinamento de endurance (baixa resistência e longa duração) e treinamento resistido (alta resistência e curta duração). No que se refere a modulação da sarcopenia, ambos regimes de treinamento demonstram eficácia no combate a esta disfunção muscular. Assim, são capazes de atuar de maneira benéfica sobre a maioria das vias bioquímicas relacionadas à ocorrência da doença. Musculação ou cardio? Mais especificamente, o treino aeróbico realizado de modo crônico propicia entre outras adaptações, a inibição da apoptose mionuclear e a otimização da atividade da enzima Citrato Sintase nas fibras musculares e do co-ativador transcricional PGC-1α, alterações essas que acarretam na potencialização da biogênese mitocondrial. Já durante a intervenção através do treino resistido de maneira crônica, os mecanismos exatos que explicam sua relação a síntese proteica em pessoas com idade avançada não estão claramente elucidados. Contudo, especula-se que o hormônio IGF-1, seus receptores e as vias sinalizadoras AKT/mTOR e AKT/FoxO3a podem ser modulados e deste modo desempenham um papel fundamental na resposta hipertrófica e na contenção do catabolismo proteico. Portanto, recomenda-se um balanço adequado entre as duas modalidades de exercícios. Também, é essencial o manejo nutricional apropriado por parte de um nutricionista e o acompanhamento por um profissional de educação física, principalmente nesta fase da vida, de modo a evitar-se a sucessão de lesões, e assim, os riscos de desenvolvimento ou agravamento da sarcopenia sejam devidamente reduzidos (Leia o artigo – O trabalho multiprofissional da obesidade sarcopênica). Para leitura mais aprofundada no assunto, segue a sugestão de leitura: ● https://doi.org/10.3389/fmed.2017.00167



download (2).png
whatsapp.png

+55 3003-0805

+55 61 9831-8817

  • instagram bf eventos
  • facebook bf eventos
  • linkedin bfeventos
  • youtube bf eventos

© 2020 por BF Eventos - Conectando você a oportunidades e conhecimento.

FALCAO Produção de Eventos Culturais Eireli
CNPJ: 12.721.104/0001-74