• Naia Lima

Como o Estudante de Nutrição Pode se Posicionar nas Redes Sociais?

Atualizado: Set 10


Se você é um Estudante de Nutrição e tem um perfil nas Redes Sociais, provavelmente já pensou em abordar assuntos relacionados a nutrição em alguma de suas contas, ou até mesmo já teve essa iniciativa e viu outros colegas fazendo o mesmo. Considerando o momento que estamos vivendo, o que já era muito comum ganhou ainda mais força: o estudante de nutrição nas redes sociais. 

Sobre isso, a vida profissional atrelada ao ambiente virtual já é uma realidade e dificilmente vamos fugir dela! Mas você já parou para pensar nos aspectos éticos das postagens? Hoje, vamos te ajudar a ter mais clareza sobre esse assunto, assim, se quiser, você poderá pôr as dicas em prática assim que terminar de ler esse texto!

Preciso de ajuda! Não sei se estou dentro dos padrões éticos

Estudante de Nutrição e Redes Sociais. Para começar essa discussão, buscamos informações no código de ética que rege a profissão do nutricionista. Neste documento, não existem informações específicas para os estudantes de nutrição. Por outro lado, o Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), órgão emissor do código de ética, considerando o crescente uso das redes sociais no âmbito profissional, lançou em 2018 uma atualização deste documento, adicionando um capítulo dedicado aos meios de informação. No mesmo, foi especificado quais são as condutas esperadas do nutricionista ao usar as mídias sociais para divulgar o seu trabalho.

Antes de entrar em mais detalhes, uma dica: leia o código de ética! Você ainda não é nutricionista, mas está caminhando para chegar lá, e um dia, todas essas regras serão aplicáveis na sua vida profissional. Então, é bom que você se familiarize com elas desde já. Além disso, é importante que você mantenha sempre uma postura profissional: seja gentil e cordial, preste atenção na ortografia do seu conteúdo, evite comentários polêmicos e fotos que exponham a sua intimidade. Busque seguir o exemplo de profissionais que você admira e que respeitem tais normas. De forma resumida, essas são as coisas que você pode fazer: 

  • Identificar quais são as maiores dúvidas do seu público a respeito da nutrição e explicar esses conceitos de forma clara;

  • Fazer grupos no WhatsApp ou Telegram para compartilhar mais informações e ter um contato mais próximo com o seu público; 

  • Indicar opções de produtos alimentares que apresentem uma boa composição, desde que você use pelo menos 3 exemplos de marcas diferentes; 

  • Compartilhar posts em que você foi marcado, onde seu público seguiu alguma dica sua, como por exemplo: receitas, aumento do consumo hídrico, técnica de conservação dos alimentos, etc. 

  • Incluir as referências que você utilizou para elaborar os seus posts. 

O que eu não posso fazer? 

Em se tratando de assuntos que devem ser evitados, distancie-se dos temas que sejam muito específicos e individuais, pois eles envolvem aspectos que precisam de uma avaliação mais detalhada do profissional já formado para serem aplicados na vida do indivíduo.

Outro fator que deve ser levado em consideração é ter muita atenção para não incentivar comportamentos não saudáveis. Neste quesito, muito cuidado com frases que acompanham fotos de prática de exercícios físicos ou de alguma refeição, ainda mais no contexto de pandemia que estamos vivendo atualmente. Faça com que as pessoas que te acompanham sintam-se abraçadas depois de ler o que você tem a compartilhar. 

Quer um exemplo bacana? O Guia Alimentar para a População Brasileira foi feito justamente para a população leiga, que não possui conhecimentos aprofundados sobre nutrição e as bases de uma alimentação saudável. Contudo, muitas pessoas ainda não o conhecem e não fazem ideia de que esse é um material facilmente encontrado na internet de forma gratuita! Faça um teste: pergunte para pessoas próximas a você a respeito do guia alimentar e confira as respostas. Que tal ser o intermediário dessa mensagem tão importante?  Resumidamente, você não pode: 

  • Associar a sua imagem a produtos e/ou marcas específicas; 

  • Disseminar informações sensacionalistas; 

  • Postar fotos de antes e depois; 

  • Prestar consultoria de serviços nutricionais;

  • Afirmar no seu perfil que é nutricionista. Assim, deixe claro que você ainda é estudante

Para finalizar, procure falar sobre temas abrangentes da nutrição, abordando assuntos que envolvam a educação nutricional, como por exemplo: fontes alimentares de vitaminas específicas, benefícios dos alimentos da safra, como fazer a higienização correta de frutas, legumes e verduras. Desse modo, você pode notar que existe uma infinidade de temas que podem ser abordados neste sentido. Use sua criatividade para elaborar conteúdos que agreguem valor.  

Fique atento! 

Este é um assunto muito sério. Por isso, sempre que for compartilhar conhecimento, certifique-se de ter respaldo técnico-científico. A nutrição é uma ciência extremamente complexa. Infelizmente, existem muitos indivíduos disseminando informações enganosas sobre a nutrição na internet, mesmo sem possuir uma formação que justifique tal posicionamento. Você como estudante, não pode cometer o mesmo erro!  Por isso, é essencial ter senso crítico e sempre colocar em primeiro lugar a saúde da pessoa que está recebendo a informação! Lembre-se que você está se preparando para cuidar de muitas vidas. Espero que essas dicas sejam úteis e que você consiga atingir positivamente o maior número de pessoas possível. Até a próxima! 

Aprofunde-se... Seguem abaixo algumas sugestões para você se aprofundar no tema: E-book BF Eventos: Competências Profissionais em 2020 Documentos: Código de Ética e de Conduta do Nutricionista Guia Alimentar: Guia Alimentar para a População Brasileira

download (2).png
whatsapp.png

+55 3003-0805

+55 61 9831-8817

  • instagram bf eventos
  • facebook bf eventos
  • linkedin bfeventos
  • youtube bf eventos

© 2020 por BF Eventos - Conectando você a oportunidades e conhecimento.

FALCAO Produção de Eventos Culturais Eireli
CNPJ: 12.721.104/0001-74