• BF Eventos

Descubra as consequências da deficiência de vitamina D

Atualizado: Set 15


A deficiência de vitamina D está cada vez mais presente na vida das pessoas. Neste sentido, vem ganhando visibilidade nos últimos anos devido à baixa qualidade da alimentação, na qual apresenta poucos alimentos fontes desta vitamina. Além disso, os alimentos que a apresentam, necessitam de um consumo elevado para atender a demanda do ser humano. Também, a baixa ou nenhuma exposição à luz solar, que é fundamental no metabolismo da vitamina D, contribui para este quadro de deficiência da vitamina. Diante disso, diversos estudos têm verificado alguns dos mecanismos possíveis que podem explicar a deficiência de vitamina D e quais as suas consequências.  

  Vitamina D

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel essencial para o corpo humano. É sintetizada sobretudo pelo tecido cutâneo quando exposto ao sol, mas uma pequena porcentagem também é adquirida via dieta. Sua principal fonte de produção da vitamina, sendo cerca de 80 a 90%, se dá por meio da exposição solar, pois os raios ultravioletas do tipo B (UVB) são capazes de ativar a síntese desta substância. Neste sentido, alguns alimentos, especialmente peixes gordos, são fontes de vitamina D. 

Diversas funções da vitamina D são essenciais ao corpo, como regular o cálcio e fósforo, nos quais apresentam atuação no metabolismo ósseo. Além disso, estudos indicam sua atuação também em processos anti-inflamatórios, anti-fibrose, processos imunorreguladores e na prevalência de doenças autoimunes. Neste seguimento, a vitamina D parece interagir com o sistema imunológico através de sua ação sobre a regulação e a diferenciação de células como linfócitos, macrófagos e células Natural Killer.


Entre os efeitos imunomoduladores demonstrados, destacam-se a diminuição da produção de interleucina-2 (IL-2), do interferon gama (INFγ) e do fator de necrose tumoral (TNF). Além disso, a inibição da expressão de IL-6 e da secreção e produção de anticorpos pelos linfócitos B também pode ser conferida. 

Deficiência de Vitamina D 

A deficiência de vitamina D pode causar uma série de problemas de saúde. A falta dela pode aumentar os riscos de problemas cardíacos recorrente a sua importância no auxílio do controle das contrações musculares, e possíveis aspectos importantes da função neuro-muscular. Adicionalmente, pode causar problemas relacionados ao metabolismo ósseo, por ser um hormônio que regula a quantidade de cálcio e fósforo em nosso organismo, aumentando a absorção desses sais minerais no intestino. 

Vários estudos demonstraram uma ligação entre os níveis de 25-hidroxivitamina D (25OHD) e diabetes. Os protocolos revelaram uma maior frequência de deficiência de vitamina D em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 (DM1), em comparação com indivíduos saudáveis, podendo indicar uma forte aproximação entre ambos. Em relação a gravidez, existem algumas evidências de que a deficiência da vitamina D durante a gestação está associada ao aumento de risco de hipertensão arterial e o diabetes gestacional. Bem como, o nascimento de bebês com baixo peso ou pequenos para a idade gestacional.

Como prevenir a deficiência?

É possível afirmar que a deficiência de Vitamina D é uma temática de extrema importância. Isso decorre de que há diversos riscos à saúde relacionadas ao metabolismo ósseo, endócrino e manutenção da glicemia. Portanto, torna-se necessário sempre se atentar aos exames laboratoriais, acompanhados por profissionais da área da saúde, como nutricionistas e médicos, e principalmente a exposição diária ao sol.

Para um estudo complementar, seguem algumas sugestões:  DOI: /10.1038/s41430-020-0558-y DOI: /10.3390/nu11071506


download (2).png
whatsapp.png

+55 3003-0805

+55 61 9831-8817

  • instagram bf eventos
  • facebook bf eventos
  • linkedin bfeventos
  • youtube bf eventos

© 2020 por BF Eventos - Conectando você a oportunidades e conhecimento.

FALCAO Produção de Eventos Culturais Eireli
CNPJ: 12.721.104/0001-74